Carol Filgueiras: Boas escolhas de consumo e de vida

Aproveitar os bons momentos da vida requer estar bem com a vida material e interior
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Ter sido convidada pela Elas Que Lucrem para assinar a coluna de bem-estar foi um grande privilégio. Quando penso na proposta da plataforma, de trazer lucratividade para as mulheres em todas as áreas da sua vida, vejo o quanto faz sentido ter o braço de bem-estar.

De nada adianta termos dinheiro no bolso se não soubermos fazer com que ele funcione e trabalhe para nós. Dinheiro pode proporcionar alegria, mas nem sempre é usado para tal. Às vezes, compras excessivas nos trazem sentimentos negativos como culpa e ansiedade. Em outros momento, não suprem uma necessidade que achávamos que supriria, como carência, falta de afetividade ou plenitude.

Sim, dinheiro não traz felicidade, ele manda buscar. Mas a verdade é que se não soubermos como mapear nossas escolhas de consumo de acordo com o que realmente necessitamos, todo esse ganho pode ir por água abaixo. Quem aqui já não esteve em um lugar paradisíaco ou em uma festa, com tudo em mãos para aproveitar um bom momento, mas não o fez?

Cuidar de nossa saúde estética e mental é o alicerce para poder fazer boas escolhas e usufruir do que o dinheiro vai nos proporcionar. É Importante estarmos conectadas com quem somos, com o que queremos alcançar, ter e buscar.  Assim como estar ao lado de quem nos faz bem e nos energiza. Tudo isso nos ajuda a lucrar!

Afinal, de que adianta estar no melhor hotel, com o melhor vinho, se você não tiver a presença de espírito para fazer aquele brinde admirando a lua ao lado de quem você ama? Então, sim, o dinheiro é o trampolim para alcançarmos o que queremos, mas quem fecha essa conta é o nosso interior, pois só ele sabe dar significado ao que realmente importa para nós!

E é com essa intenção que venho aqui dividir com vocês conhecimento e fazer trocas para aumentarmos nossa conexão interna e auto-cuidado. Minha intenção também é dar dicas para nos sentirmos bem, porque, no final, é isso que importa. 

Estar aberta para a vida, conectada consigo e com o mundo ao seu redor, apreciar o que tem e fazer escolhas do bem, é a base para uma existência feliz!

Carol Filgueiras é empresária, cineasta, hoteleira e responsável pela expansão da marca de produtos de beleza Santapele, nascida no Hotel Emiliano.

O conteúdo expresso nos artigos assinados são de responsabilidade exclusiva das autoras e podem não refletir a opinião da Elas Que Lucrem e de suas suas editoras

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: