Por que é tão importante entender economia?

Informação é poder, tanto para detectar oportunidades quanto para evitar perdas
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
avatar carol proença
avatar carol proença

Ao acompanhar os conteúdos feitos sobre economia, tanto na televisão, quanto na internet ou nos veículos impressos, é normal achar que eles estão muito distantes da nossa realidade e do nosso dia a dia. No entanto, nós sentimos diretamente os impactos da economia na nossa rotina. Conhecer um pouco mais do assunto nos ajuda, inclusive, a ganhar dinheiro.

Primeiramente, é necessário entender o que é a economia. Resumidamente, ela pode ser definida como a administração da escassez. Mas como assim? Vivemos em um mundo que lida com a falta de recursos naturais, de dinheiro e até mesmo de pessoas, ou seja, possuímos um número limitado de todos esses itens. A economia surge como um estudo capaz de administrar essa escassez e as consequências de viver em um mundo limitado.

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Ao assimilar esse conceito, fica mais fácil compreender por que é tão importante entendermos a economia. As consequências da falta de recursos constituem um dos fatores que mais impacta o cotidiano. No artigo sobre o que causa a inflação, expliquei que o aumento dos preços ocorre quando tem mais gente querendo comprar um produto do que empresas oferecendo esses mesmos produtos. Dessa forma, os preços começam a aumentar e a renda da população cai. 

Agora que é possível entender que existem fatores da economia que impactam diretamente o nosso cotidiano, é importante também compreender quem toma as decisões que guiam a economia: o governo. Os poderes legislativo, executivo e judiciário determinam como a economia deve ser conduzida e como a população será impactada. Dessa forma, ao entender a economia, também entenderemos as decisões e propostas de governantes e candidatos para fazer as melhores escolhas.

Além disso, entender o cenário econômico é essencial para quem investe, pois esse conhecimento nos ajuda a detectar oportunidades. Seguindo o exemplo da inflação alta, é possível aproveitar um momento como esse para investir, por exemplo, em um título indexado ao IPCA, como o Tesouro IPCA ou uma LCI atrelada à inflação. Dessa forma, se a inflação sobe, a rentabilidade do seu investimento acompanhará a alta. Já se governo decidir aumentar a taxa Selic, o Tesouro Selic e o CDB se tornarão, consequentemente, mais vantajosos.

Por fim, é necessário entender que informação é poder: se você entende o básico de economia, consegue antecipar o que vai acontecer e tirar melhor proveito dos seus investimentos. Em tempos difíceis, compreender o que acontece ao nosso redor e como evitar perdas é essencial.

Carol Proença é estudante de economia e especialista de investimentos certificada

O conteúdo expresso nos artigos assinados são de responsabilidade exclusiva das autoras e podem não refletir a opinião da Elas Que Lucrem e de suas suas editoras

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: