Assine nossa newsletter

Quanto custa um post no Instagram de Juliette Freire, campeã do BBB21

Maquiadora pode dobrar o valor do prêmio do Big Brother Brasil com apenas dez postagens patrocinadas em seu feed na rede social
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Divulgação
Juliette Freire conquistou uma legião de fãs que podem fazer a fortuna da ex-BBB se multiplicar em apenas um mês

A paraibana Juliette Freire é a grande campeã desta edição do Big Brother Brasil. Além de levar o prêmio de R$ 1,5 milhão, a advogada e maquiadora conquistou uma legião de seguidores em suas redes sociais, público este que pode fazer a fortuna da sister multiplicar com apenas um clique.

Segundo dados da Statista de 2020, o Brasil é o quinto país em número de usuários de mídias sociais no mundo. No tota,l são 153,29 milhões de brasileiros com perfis criados nas redes, o que representa um terço da população nacional e um vasto oceano de oportunidade de monetização para marcas e usuários também.

OLHA SÓ: Mulheres no BBB: Relembre quem são as 10 participantes que já venceram o reality

Ainda com dados da empresa alemã de pesquisa, a expectativa é de que o crescimento de novos usuários brasileiros nas redes seja de 13% entre 2021 e 2025, o que resulta em uma soma de mais de 180 milhões usuários no país.

Para as marcas e influenciadores digitais a mensagem é muito clara: quem não tem forte presença e estratégia de marketing nas redes, vai ficar para trás e perder oportunidades de negócio. Onde Juliete entra nisso tudo?

Juliette entra no hall da fama dos queridinhos das marcas. Isso porque, em três meses e meio de programa, a paraibana e grande campeã do BBB21 chegou à impressionante marca de 24 milhões de seguidores no Instagram. O número representa nada mais, nada menos, do que 15,65% da audiência total de brasileiros nas redes acompanhando seu perfil.

Para Murilo Oliveira, especialista em marketing de influência e CEO da IWM Agency, “Juliette se tornou um fenômeno midiático, cujo potencial já virou uma realidade. Cabe a ela e sua equipe saber conduzir todo este capital humano e de conteúdo”. Diz o especialista que complementa: “Pensando valores, aí vem um grande desafio, que é a Juliette conseguir construir seu próprio modelo de negócios e precificação. Falando do lado das marcas, obviamente todos estão apaixonados por ela, e com toda a certeza ela deve ter uma imensa fila de contratos para estudar e negociar”.

Quando partimos para a análise única e exclusiva do Instagram, os números de Juliette são ainda mais impressionantes: no total, a presença de usuários do Brasil na rede social é de 99 milhões, com dados da Statistas. O que significa que, aproximadamente, 24% da audiência de brasileiros na plataforma acompanha o perfil da maquiadora.

E AINDA: Elas Que Trabalham: Marcela Mc Gowan aposta nas plataformas digitais para quebrar tabus sobre saúde e sexualidade femininas

Para você ter uma pequena base do que este número representa, a audiência de Juliette no Instagram equivale a 304 estádios do Maracanã lotados ou duas vezes a população de São Paulo, que é a quarta maior cidade do mundo. 

Falar para tanta gente será uma grande responsabilidade para Juliette, mas também um negócio bastante lucrativo. Dados de uma pesquisa da Statista sobre preferência de canais de comunicação dos consumidores durante a pandemia, apontam que 46% dos brasileiros consultados preferem o Instagram. O número, mais uma vez, reafirma o potencial de ganhos da agora ex-BBB.

Segundo informações fornecidas pela agência BRUNCH à EXAME, um perfil no Instagram equilibrado deve ter até 20% do seu conteúdo voltado para publicidade. Entre 19 de janeiro de 2021, data em que foi divulgada a participação de Juliette na 21ª edição do BBB, até o dia de hoje, contabilizamos 346 postagens em em seu feed na rede social. Isso significa que a média mensal de publicação fixa no perfil da maquiadora durante o período é 98. Se considerarmos a taxa saudável de conteúdo publicitário e a continuidade da frequência das postagens nas redes sociais da paraibana, Juliette pode chegar a monetizar até 19 posts em seu instagram.

Sobre os preços das postagens nas redes da grande campeã da edição, Oliveira diz que “no geral não possui uma tabela de preços, cada escritório e cada influencer tem sua própria forma de valorar seus posts e ativações. Os valores são atrelados a diversos gatilhos de precificação, como número de seguidores, engajamento das redes, momento atual da carreira e potencial de crescimento no curto e médio prazo. Mas podemos estimar que Juliette possui um potencial de algo entre R$ 100 mil e R$ 150 mil reais por postagem”.

Ao juntar os pontos e com um simples cálculo, em termos financeiros e dentro do prazo de um mês, Juliette pode chegar a faturar 190% do prêmio que recebeu no BBB.  Isso mesmo, a maquiadora, que ganhava uma média de R$ 3 mil reais mensais, pode levar R$ 2,85 milhões em 30 dias, com apenas 19 postagens no Instagram.

LEIA AQUI: Oscar 2021: conheça Chloé Zhao, primeira mulher asiática a vencer a categoria de Melhor Direção

Para Oliveira, um ponto importante que deve ser muito bem trabalhado pela equipe de Juliette, para que ela possa manter sua receita nas alturas, é a estratégia de imagem da maquiadora. “Normalmente, ex BBB’s tendem a, de certa forma, cair no esquecimento. O time dela precisa ser muito aplicado e criativo. Por isso,  a construção de conteúdo atrelado a pilares é muito importante, assim como ela se relacionar com outros famosos e sempre estar em evidência na mídia”.

É fato que a maquiadora está com a faca e o queijo nas mãos para garantir uma boa renda mensal e construir fortuna. As postagens no Instagram são apenas um exemplo de como a campeã do BB21 pode monetizar sua audiência de forma simples. 

É esperado que, com a enorme fila de marcas como a Avon, posicionadas para tê-la como um dos rostos do seu negócio, o faturamento de Juliette seja muito maior do que “apenas” R$ 2,85 milhões ao mês. Até porque, nem só de Instagram vive o influenciador. Além das campanhas publicitárias exclusivas ou não e contratos com a emissora, a agora influenciadora conta com uma base sólida de público em outras redes sociais também, como TikTok (com 6,4 milhões de seguidores) e Twitter (com 2,2 milhões de seguidores).

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem:

Assine nossa newsletter