Gigante de chocolates impulsiona empreendedorismo feminino

Cinco selecionadas pelo programa da Hershey receberam insumos e mentorias especializadas
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
Confeiteiras selecionadas ganharão websérie transmitida no Instagram (Foto: prostooleh/Free Pik)

De olho nas microempreendedoras brasileiras que usam o chocolate como matéria-prima, a subsidiária brasileira da Hershey acaba de concluir a segunda edição de seu programa de incentivo a pequenas confeiteiras. Intitulada Chocolate Que Transforma, a iniciativa impulsionou, nesta nova fase, cinco empresas por meio de insumos, criação de identidade visual e profissionalização. São elas: Shirlei, da Shirlei Doces e Bolos, Marli, da MR Arte, Érica, da Bolos Viragi,  Beatriz, da Bia Doces, e Amanda, da Amor Adocica.

Este ano, a seleção contou com a participação da ONG Gerando Falcões, levando o programa às empreendedoras da comunidade. Na primeira frente, apelidada de Transformação, as confeiteiras foram beneficiadas com equipamentos básicos de cozinha, produtos da gigante de alimentos e ajuda para repaginar as redes sociais.

Conheça  a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Já na segunda e última frente do programa, a Mentoria, as participantes tiveram a oportunidade de conversar com um time de consultores sobre empreendedorismo e comunicação, e aprenderam, na prática, sobre o uso do chocolate na confeitaria. 

Para comemorar a transformação, as empreendedoras ganharão uma websérie de quatro episódios que será transmitida no Instagram da marca. A ideia é que a jornada de vida de cada uma dessas mulheres sirva de incentivo para que outras confeiteiras sigam o mesmo caminho. Por fim, a companhia promoverá lives com os mentores participantes para disseminar as dicas sobre finança, negócios, comunicação e, claro, o universo do chocolate. 

Segundo a gerente geral para América Latina da Hershey, Larissa Diniz, o programa é uma tentativa de promover a equidade de gênero e o empoderamento feminino no empreendedorismo brasileiro. “Queremos transformar a receita, o negócio e a vida dessas pessoas, ampliando a conexão com os nossos consumidores de forma genuína.”

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Conheça  a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: