Edutech abre 15 mil vagas em curso gratuito de introdução à programação

Capacitação será entre os dias 21 e 24 de março no canal da Trybe no YouTube
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
As aulas acontecerão online no canal do YouTube da companhia entre os dias 21 e 24 de março (Foto: FreePik)

A escola de tecnologia Trybe irá promover uma capacitação gratuita e inclusiva para mulheres ainda este mês. Segundo a instituição, o objetivo do programa “Primeiro Passos na Programação” será atrair a presença feminina para o mercado, reduzindo o gap de gênero no setor. Atualmente, a agência de empregos Catho estima que as programadoras correspondam a apenas 14% do total de profissionais da área no Brasil. 

Assim, a edutech oferecerá 15 mil vagas para o curso. Vale ressaltar que não é necessário ter experiência em TI para participar do programa. De acordo com a escola, os conteúdos trabalhados abordarão conceitos introdutórios visando quem está começando os estudos sobre programação. 

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

As aulas acontecerão online no canal do YouTube da companhia entre os dias 21 e 24 de março. Entre os temas lecionados estarão teoria sobre JavaScript, inclusão de operadores e estruturas condicionais, arrays, strings, estruturas de repetição, funções e lógica de programação. No último dia, os alunos ainda receberão um desafio prático para testarem os conhecimentos. 

Além disso, as participantes mulheres também terão direito a um workshop sobre carreira, onde serão orientadas sobre o mercado de trabalho na área de tecnologia. Segundo dados da edutech, cerca de 92% dos alunos formados pela instituição conseguem emprego na área após três meses da conclusão do curso.

As mulheres interessadas em se tornarem as futuras programadoras do Brasil devem realizar a inscrição no site até o dia 20 de março. Em seguida, será enviada uma confirmação por e-mail para as participantes, além de orientações para o acompanhamento das aulas. “Queremos aumentar o protagonismo feminino no setor de tecnologia, e incluir o maior número de profissionais altamente capacitadas para competirem no mercado de trabalho”, diz Mariana Lopes, head de diversidade e inclusão da Trybe. 

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Compartilhar a matéria:

×