Morre Lily Safra, uma das mulheres mais ricas do mundo

Viúva de Edmond Safra, um dos donos do Banco Safra, socialite será sepultada na segunda-feira
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
Bilionária não teve a causa da morte divulgada (Foto: Divulgação)

A bilionária Lily Safra morreu hoje (9), aos 87 anos, em Genebra, na Suíça. Viúva do banqueiro Edmond Safra, a socialite possuía uma fortuna estimada em R$ 5 bilhões, segundo a lista anual divulgada pela revista Forbes. A causa do falecimento não foi informada. 

A notícia foi divulgada pela Fundação Edmond J. Safra, que detalhou, em comunicado, que a filantropa estava “cercada de familiares e amigos” no momento da despedida.  Até agora, o funeral de Lily segue previsto para segunda-feira (11), na Suíça. 

“Por mais de vinte anos, a Lily Safra sustentou fielmente o legado filantrópico de seu amado marido Edmond, prestando apoio a centenas de organizações em todo o mundo”, informou a entidade. 

Nascida em Porto Alegre, em 1934, Lily foi casada com Edmond, um dos donos do Banco Safra, por 23 anos. Antes dele, a gaúcha também havia sido casada com o empresário Alfredo Monteverde, fundador do Ponto Frio, encontrado morto no próprio apartamento, em 1969. Desde então, a viúva havia herdou e assumido os negócios da varejista.

Nos últimos anos de vida, a socialite se dedicou a filantropia. Em 2012, ela chegou a realizar um leilão beneficente de suas joias em prol da ciência e da cura de doenças raras, como o mal de Parkinson. Na ocasião, foram arrecadados cerca de  US$ 37,5 milhões com organização da grife Christie’s. 

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Compartilhar a matéria:

×