Mercado acionário europeu têm queda após UBS revelar impacto por Archegos

Já as ações de viagens alcançaram máximas recordes em meio a esperanças de uma recuperação pós-Covid
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

As ações europeias fecharam em queda hoje (27), já que o otimismo sobre fortes balanços corporativos britânicos foi compensado pela notícia de que o UBS sofreu impactos após negociações com a firma de investimentos norte-americana Archegos, enquanto as ações de viagens alcançaram máximas recordes em meio a esperanças de uma recuperação pós-Covid.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,03%, a 1.693 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,08%, a 439,85 pontos, com os investidores deixando de fazer grandes apostas antes da decisão de política monetária do Federal Reserve. Espera-se que o banco central dos Estados Unidos mantenha sua postura de política monetária frouxa.

A petrolífera BP subiu 0,4% depois que seu lucro do primeiro trimestre disparou, enquanto o banco HSBC, com foco na Ásia, saltou 4,2% depois de reportar lucro trimestral.

Enquanto isso, o UBS cedeu 2,0%, para uma mínima em dois meses de fechamento, uma vez que sofreu uma perda inesperada de US$ 774 milhões após fazer negociações com o hedge fund Archegos, ofuscando o aumento de 14% no lucro líquido trimestral.

As ações de viagens europeias saltaram 3,0% para fechar em uma máxima recorde.

Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,26%, a 6.944,97 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX caiu 0,31%, a 15.249,27 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,03%, a 6.273,76 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,17%, a 24.473,06 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,63%, a 8.756,70 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,16%, a 5.012,61 pontos.

(com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: