Ibovespa fecha em alta e renova máximas históricas com Petrobras

Com a performance desta sexta-feira, o Ibovespa superou os recordes anteriores de 125.323,53 pontos no intradia e de 125.076,63 pontos no fechamento, ambos registrados em 8 de janeiro deste ano
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

O Ibovespa fechou em alta de 1% nesta sexta-feira, renovando máximas históricas, apoiado principalmente no salto de Petrobras após o JPMorgan elevar recomendação para ‘overweight’, enquanto Sabesp capitaneou as perdas em meio a comentários do governo de São Paulo sobre a companhia.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 1,04%, a 125.656,02 pontos, acumulando na semana acréscimo de 2,5%, de acordo com dados preliminares. Na máxima da sessão, chegou a 125.697,58 pontos. O volume financeiro nesta sexta-feira somava 27,5 bilhões de reais.

Com a performance desta sexta-feira, o Ibovespa superou os recordes anteriores de 125.323,53 pontos no intradia e de 125.076,63 pontos no fechamento, ambos registrados em 8 de janeiro deste ano. Também caminha para fechar maio no azul, com alta até o momento de 5,7%.

OLHA SÓ: Campos Neto diz que câmbio reagiu a melhora fiscal e que BC fará “o que for preciso” para cumprir meta de inflação

Petrobras PN fechou o pregão com elevação de 4,05%, enquanto Petrobras ON subiu 5,66%, conforme dados antes do ajuste, após analistas do JPMorgan elevarem a recomendação dos papéis a ‘overweight’, chamando atenção em particular para a menor percepção de risco.

Outras blue chips também endossaram o movimento do pregão nesta sexta-feira, como B3 e Itaú Unibanco PN.

Sabesp ON, por sua vez, caiu 4,60%, em meio a declarações do secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo ao Valor Econômico que esfriaram expectativas de privatização no curto prazo da companhia de saneamento paulista.

(Com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: