Multilaser retoma pedido para IPO

Primeira tentativa foi interrompida em 2020 por conta da volatilidade do mercado
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

A empresa de produtos eletrônicos Multilaser retomou hoje (17) o processo para realizar sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), um ano após sua primeira tentativa ter sido interrompida pela volatilidade do mercado.

OLHA SÓ: Havan pede registro de companhia aberta, em caminho para retomada de IPO

Diferente da primeira vez, quando a oferta serviria também para que sócios vendessem uma fatia no negócio, desta vez a operação envolverá apenas a venda de ações novas e a companhia afirmou que pretende usar os recursos para reforçar o caixa, pagar dívidas e fazer aquisições.

Itaú BBA e Safra foram mantidos como coordenadores da operação, junto como XP, Bank of America e UBS-BB, no lugar de JPMorgan, BTG Pactual, Citi, Credit Suisse, que participavam na tentativa anterior.

A Multilaser diz deter 65% do mercado de pendrives, 39% dos cartões de memória no país e fabrica também smartphones, notebooks e acessórios de computador e para esportes e saúde, além de equipamentos de áudio e vídeo, segurança eletrônica e brinquedos, entre outros.

(Com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: