Principais notícias do mercado para segunda-feira

Máxima histórica das bolsas norte-americanas, reforma tributária e tudo que vai mexer com o mercado hoje (28).
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

As bolsas norte-americanas fecharam em alta e em máxima histórica na última sexta-feira (25). O S&P500 fechou com 4.280 pontos, uma alta de 0,33%. O mercado ficou de olho nos dados da inflação de maio, mas o ambiente ficou mais otimista com o acordo bipartidário para um novo estímulo no setor de infraestrutura.

Um dos maiores destaque entre as empresas nas bolsas dos Estados Unidos foi a Nike, que registrou alta de mais de 15% após divulgar resultados financeiros acima do esperado pelo mercado e elevação na recomendação de compra.

OLHA SÓ: Principais notícias do mercado para sexta-feira

A bolsa brasileira fechou em queda de 1,74% na sexta, com 127.255 pontos. A baixa se concretizou após o governo entregar a segunda fase da reforma tributária, que estipula tributação para dividendos. Essa foi a maior queda da bolsa desde o dia 12 de maio, quando a bolsa sofreu desvalorização de 2,65%.

Outro fato relevante foi a divulgação do IPCA-15, prévia da inflação oficial, no mês de junho. O índice apresentou uma alta de 0,83% nos preços, de acordo com as expectativas do mercado. Com isso, o dólar fechou também com alta de 0,67% aos R$ 4,93.

Durante essa semana, o mercado estará de olho nos acordos do governo Biden para o pacote de estímulos no setor de infraestrutura, que movimentou o mercado norte-americano na semana passadas, e nos dados econômicos divulgados durante a semana.

Também está prevista a divulgação dos dados sobre emprego nos Estados Unidos, na sexta-feira. Segundo os analistas, a expectativa é de que o mercado siga cauteloso até a divulgação dessas informações. Quarta-feira também está prevista a divulgação do PMI, índice que mostra a atividade econômica de um país, no setor industrial dos Estados Unidos, da China e da Europa.

Carol Proença é estudante de economia e especialista de investimentos certificada

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: