Remdesivir da Gilead reduz risco de mortalidade da Covid-19

Farmacêutica disse que analisou dados de 98.654 pacientes de tratamento real de pacientes hospitalizados
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

A Gilead Sciences Inc disse que uma análise mostrou que seu antiviral remdesivir reduziu as taxas de mortalidade em pacientes hospitalizados com Covid-19 e aumentou a probabilidade de alta no 28º dia após um curso de cinco dias de tratamento.

A farmacêutica disse nesta segunda-feira que analisou dados de 98.654 pacientes de três estudos retrospectivos de tratamento real de pacientes hospitalizados com Covid-19.

OLHA SÓ: Anvisa autoriza estudo sobre dose de reforço da Pfizer contra Covid

O remdesivir alcançou uma redução estatisticamente significativa de 54% e 23% no risco de mortalidade entre os pacientes analisados em dois dos estudos, disse a empresa. Os dados foram apresentados no World Microbe Forum (WMF) nesta semana.

A Gilead disse que os resultados foram observados de forma consistente em diferentes períodos durante o curso da pandemia e em todas as geografias.

O remdesivir foi aprovado para uso emergencial em pacientes graves nos Estados Unidos, Índia e Coreia do Sul, e recebeu aprovação total no Japão.

(com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: