75% dos dividendos pagos no Brasil estão concentrados em 24 empresas

Companhias pagadoras que lideram o levantamento distribuíram ao menos R$ 1 bilhão cada no ano passado aos acionistas, pessoas jurídicas ou físicas
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

Uma pesquisa mostrou que mais de 75% do valor dos dividendos e dos Juros sobre Capital Próprio (JCP) distribuídos por empresas de capital aberto em 2020 no Brasil foi pago por apenas 24 empresas.

O levantamento, divulgado pela Folha de São Paulo, também revelou que os proventos dessas companhias somam cerca de R$ 100,7 bilhões. Os dados são da Economática e foram analisados pela FGV a pedido do Painel S.A. 

OLHA SÓ: Principais notícias do mercado para terça-feira

“Mostra o quanto nosso mercado é concentrado. Esse grupo representa só 10% das companhias da Bolsa que fizeram os pagamentos”, afirmou Henrique Castro, professor da FGV-SP, em entrevista à Folha.

A remuneração por meio da distribuição de dividendos ganhou destaque nos últimos dias com as mudanças na taxação propostas pela reforma tributária.

Ontem (19), o relator da segunda fase da reforma, Celso Sabino (PSDB-PA), explicou, em uma entrevista ao jornal Estadão, que a ideia é ter uma taxa progressiva para dividendos. Segundo ele, é possível que proventos de até R$ 2,5 mil sejam isentos de tributação. Acima desse limite, o imposto crescerá como uma tabela progressiva.

“Sem falar em números, por que vou chutar. Seria assim, isenção (para quem recebe até) R$ 2,5 mil, até R$ 5 mil pagaria 5%; até R$ 10 mil pagaria 10%; até R$ 15 mil, 15%; R$ 20 mil, 20% e daí para cima uma outra alíquota, por exemplo”, disse.

A pesquisa da Economática também mostrou que as 24 maiores pagadoras que lideram o levantamento distribuíram ao menos R$ 1 bilhão cada no ano passado aos acionistas, pessoas jurídicas ou físicas. As maiores remunerações foram feitas por Vale, Itaú, Santander e Ambev. Ao todo, 239 das 395 companhias com balanços disponíveis distribuíram dividendos e JCP em 2020.

(Com informações da Folha de São Paulo)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: