Desktop precifica IPO a R$ 23,5 por ação

Os recursos com a oferta serão destinados para crescimento orgânico, aquisições estratégicas e aumento de posição de caixa
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

A provedora de internet por fibra óptica Desktop precificou na segunda-feira oferta inicial de ações a R$ 23,50 por papel, segundo informações da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O preço ficou perto do piso da faixa estimativa que ia de R$ 23 a R$ 28.

OLHA SÓ: 75% dos dividendos pagos no Brasil estão concentrados em 24 empresas

Segundo prospecto definitivo da operação, foram vendidas inicialmente 30.435.000 ações ordinárias no âmbito da oferta primária, totalizando R$ 715,2 milhões. Esse montante pode superar R$ 800 milhões, com a colocação do lote suplementar, de até 4.565.250 papéis.

A Makalu Brasil Partners, que administra a participação do controlador da companhia, o fundo norte-americano HIG Capital, e outros acionistas optaram em não vender ações no IPO, o que poderia ter elevado o volume da oferta em até 6.087.000 ações.

Os recursos com a oferta serão destinados para crescimento orgânico, aquisições estratégicas e aumento de posição de caixa.

O IPO teve como coordenadores Itaú BBA, UBS BB, BTG Pactual e Bradesco BBI e as ações começarão a ser negociadas na B3 na quarta-feira, no segmento Novo Mercado, sob o código ‘DESK3’

(com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: