Onde estão os investidores que mais ganharam com bitcoin em 2020

Levantamento mostrou que os investidores dos Estados Unidos negociaram mais de US$ 4 bilhões em bitcoin no ano passado
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

Com o recente boom das criptomoedas, um grupo de investidores ganhou muito dinheiro. Como a moeda digital é descentralizada, é difícil realizar uma análise geográfica para descobrir quais países mais negociaram o ativo. Apesar da dificuldade, a empresa de software Chainalysis publicou uma estimativa das negociações feitas com bitcoin em 2020. 

Os especialistas conseguiram rastrear serviços envolvendo dados de transações internacionais da moeda e a estimativa é que os investidores dos Estados Unidos, que lideram o ranking, negociaram mais de US$ 4 bilhões em bitcoin no ano passado, três vezes mais que o próximo país da lista, a China. 

ENTENDA: O que são criptomoedas? Vale a pena investir?

Desde a sua criação, em 2009, o ativo passou de alguns centavos até chegar à atual cotação, cerca de R$ 161 mil.

Uma análise feita pelo site Statista mostrou que o país norte-americano provavelmente ultrapassou os US$ 1,1 bilhão da China devido aos enormes fluxos de entrada que ocorreram no final do ano passado e que geraram ganhos notáveis.

O ranking mostra que quase todos os países registraram seus maiores ganhos de investimento realizados no final de 2020, com o preço do bitcoin subindo de US$ 11.471, em meados de outubro, para pouco mais de US$ 29.000, no final do ano.

Veja a lista dos oito países onde os investidores mais negociaram bitcoin em 2020:

8. Coreia do Sul


Ganhos:
US$ US$ 0,5 bilhão

7. Espanha


Ganhos:
US$ 0,6 bilhão

6. França


Ganhos:
US$ 0,6 bilhão

5. Rússia


Ganhos:
US$ 0,6 bilhão

4. Reino Unido


Ganhos:
US$ 0,8 bilhão

3. Japão


Ganhos:
US$ 0,9 bilhão

2. China


Ganhos:
US$ 1,1 bilhão

1. Estados Unidos


Ganhos:
US$ 4,1 bilhões

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: