12 celebridades que foram além da fama e diversificaram seus investimentos

Elas ganham dinheiro no show business, esportes, passarelas e redes sociais, mas apostam no mercado financeiro e nos negócios para multiplicar suas fortunas
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
10 famosas que você não sabia que investiam - FOTO PRINCIPAL (1920 x 1080 px)

Com os investimentos dominando as mais diversas rodas de conversas, muitas celebridades começaram a falar publicamente sobre suas apostas. 

De Beyoncé a Oprah Winfrey, passando por Gisele Bündchen e Xuxa, elas estão mostrando que, além de carreiras bem-sucedidas, são capazes de administrar o que ganham com sabedoria e de colocar o dinheiro para trabalhar a seu favor.

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Veja, a seguir, 12 mulheres do showbiz que talvez você não saiba que investem:

Anitta

(Foto: Victor Pollak/Globo)

A artista que começou no funk se tornou uma das principais artistas brasileiras da atualidade. Neste momento, ela está apostando na internacionalização da sua carreira. Muito mais do que um rosto e um corpo bonitos, a funkeira – que largou um estágio na Vale para se dedicar à música – acompanha e decide cada passo de sua trajetória e já provou, diversas vezes, ter um forte tino para os negócios. Engana-se, no entanto, quem acha que Anitta gosta de arriscar neste campo. Durante uma entrevista, ela revelou que não é muita adepta dos altos e baixos do mercado financeiro e, por isso, conta com a ajuda de uma pessoa de sua inteira confiança.

Beyoncé

abre_financas_beyonce_16nov2021_reproducao_instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

A cantora e compositora Beyoncé conquistou uma legião de fãs (e prêmios) desde o início da sua carreira como integrante do grupo Destiny’s Child. Dona dos hits “Halo”, “If I Were a Boy” e “Crazy in Love”, a multi talentosa artista é considerada uma das principais representantes do pop no mundo. Mas Queen B, como também é conhecida, tem seu lado investidor. Recentemente, durante uma entrevista para uma revista de moda, ela revelou que está apostando no mercado norte-americano de cannabis.

Gabriela Pugliesi

abre_financas_gabriela-publiesi_16nov2021_reproducao_instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

Ela surgiu como influenciadora digital fitness e conquistou milhares de seguidores nas redes sociais. Após a polêmica envolvendo uma festa em sua casa durante a quarentena, em abril do ano passado, Gabriela se afastou da internet por alguns meses e, no retorno, disse que estava operando day trade – negociações de alto risco nas quais as ações são compradas e vendidas no mesmo dia – e garantiu ter feito uma bem-sucedida operação com os papéis do Banco do Brasil.

Gisele Bündchen

abre_financas_giselle_16nov2021_reproducao_instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

Uma das top models mais famosas – e bem remuneradas – do mundo, a brasileira tem forte atuação filantrópica e como ativista em causas ambientais. A ex-angel da Victoria’s Secret surpreendeu as pessoas recentemente ao comentar seus investimentos, principalmente em criptomoedas. Em junho de 2021, a modelo e o marido – o jogador de futebol americano Tom Brady – anunciaram uma parceria com uma empresa do mercado de moedas digitais, revelando um certo fascínio pelo tema. Recentemente, a modelo também foi anunciada como uma das acionistas da empresa de gestão ambiental Ambipar, que já acumula uma valorização de 72% na bolsa de valores desde seu IPO em julho de 2020.

Madonna

abre_financas_madonna_16nov2021_reproducao_instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

A rainha do pop construiu um império milionário graças à sua carreira musical, mas também a investimentos certeiros. Uma de suas principais apostas é a Vita Coco, uma empresa de água de coco que compra matéria-prima do Brasil. Em 2010, a dona dos hits “Like A Virgin”, “Material Girl” e “Like a Prayer” colocou US$ 1,5 milhão no negócio. Além disso, Madonna também possui imóveis e investimentos em outras empresas, como a Bright, de cursos online.

Oprah Winfrey

abre_financas_oprah_16nov2021_reproducao_instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

Apresentadora e empresária, Oprah Winfrey foi a primeira mulher afro-americana a entrar na lista de bilionários do mundo do ranking da Forbes. Além de comandar, por 25 anos, o talk show de maior audiência na televisão dos Estados Unidos, é uma grande filantropa. Atualmente, comanda um império multimilionário no setor de comunicações que inclui seu próprio canal de TV, duas revistas e um site. Além de uma carreira  bem-sucedida na mídia, Oprah é investidora, principalmente no setor imobiliário e de empresas com propósito como a Apeel Siences, que busca prolongar a vida dos alimentos para diminuir o desperdício. Hoje, a companhia é avaliada em US$ 2 bilhões e, desde 2019, já evitou que mais de 42 milhões de frutas fossem para o lixo.

Sabrina Sato

abre_financas_sabrina-sato_16nov2021_reproducao_instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

Um dos principais nomes do entretenimento brasileiro atual, a ex-BBB conquistou uma carreira consolidada como apresentadora e garota-propaganda de uma série de marcas. Com mais de 30 milhões de seguidores no Instagram, Sabrina já falou diversas vezes sobre seus investimentos durante entrevistas. A japonesa mais querida do Brasil possui uma holding familiar, empresa que controla o patrimônio de pessoas físicas pertencentes ao mesmo clã, batizada de Sato Rahal, que administra seus investimentos.

Serena Williams

abre_financas_serena-williams_16nov2021_reproducao_instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

Uma das maiores tenistas de todos os tempos, Serena Williams já chegou 40 vezes às semifinais das principais competições do circuito mundial do esporte. Junto à irmã, Venus, a norte-americana conquistou sua primeira medalha de ouro na Olimpíada de 2000, em Sydney. Atualmente, acumula quatro delas. Além de ser um fenômeno no cenário esportivo, Serena já mostrou uma habilidade impressionante para fazer negócios. Ela possui seu próprio fundo de venture capital, o Serena Ventures, que administra um portfólio de US$ 14 bilhões e já apostou em dezenas de empresas, como a Olly, de produtos naturais para a saúde; a Let’s Do This, de organização de eventos esportivos; a Propel, que facilita o acesso a serviços como segurança pública e caixas eletrônicos à população norte-americana de baixa renda; e a Esusu, do mercado imobiliário.

Tatá Werneck

abre_financas_tata-werneck_16nov2021_ze-paulo-cardeal_globo
(Foto: Zé Paulo Cardeal/Globo)

A atriz e apresentadora carioca conquistou o público graças a sua veia cômica e carisma. Em 2017, ganhou seu próprio show, o “Lady Night”, tornando-se a primeira mulher a apresentar um programa de entrevistas do gênero em uma emissora por assinatura na televisão brasileira. A artista, no entanto, também é bem educada do ponto de vista financeiro. Durante uma entrevista, falou sobre sua preocupação com as finanças e revelou contar com ajuda profissional para cuidar dos investimentos.

Thelma Assis

abre_financas_thelma_16nov2021_reproducao_instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

Vencedora do Big Brother Brasil 2020, Thelminha conquistou o público com seus posicionamentos firmes. Tão logo o reality show chegou ao fim, a médica revelou que investiria o prêmio de R$ 1,5 milhão. No mesmo ano, ela anunciou uma parceria com a Rico, corretora do grupo XP Investimentos.

Tyra Banks

abre_financas_tyra-banks_16nov2021_reproducao_instagram
(Foto: Reprodução/Instagram)

A empresária e ex-modelo – que desfilou para diversas grifes e também foi angel da Victoria’s Secret até entrar para a televisão com o reality show “America’s Next Top Model”, em 2003 – tem uma queda por startups, principalmente lideradas por mulheres. Em 2013, Tyra lançou seu próprio fundo de investimentos para apostar na The Hunt, empresa criada para que usuários consigam encontrar produtos a partir de fotos postadas online avaliada atualmente em US$ 16,2 milhões.

Xuxa

abre_financas_xuxa_16nov2021_Marcos-Rosa_Globo
(Foto: Marcos Rosa/Globo)

A rainha dos baixinhos construiu uma longa carreira como cantora, apresentadora e atriz. Sua mais recente participação no showbiz foi a apresentação do “Dancing Brasil”, atração da Record inspirada no “Dancing With The Stars”. Mas nem só de imagem vive a artista. Em 2015, ela foi convidada pelo bilionário José Carlos Semenzato para assumir, ao seu lado, uma participação minoritária da Espaçolaser, rede de clínicas de depilação. No dia 1o de maio deste ano, a empresa – que conta atualmente com 554 lojas e uma receita líquida anual da ordem de R$ 650 milhões – abriu capital na bolsa de valores e captou R$ 2,64 bilhões. Com a operação, sua avaliação alcançou R$ 4,35 bilhões. 

Carol Proença é estudante de economia e especialista de investimentos certificada

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: