Morgan Stanley supera previsões de lucro para o quarto trimestre

O banco se beneficiou por ter mantido as despesas sob controle enquanto seus pares foram atingidos por alta de salários e custos tecnológicos
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

O Morgan Stanley divulgou lucro no quarto trimestre acima das expectativas do mercado, superando os rivais, já que seu foco na gestão de recursos deu resultado, impulsionando suas ações hoje (19).

O banco também se beneficiou do boom nos negócios globais e por ter mantido as despesas sob controle enquanto seus pares foram atingidos por alta de salários e dos custos de tecnologia.

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

O lucro do ano e a receita foram recordes para o banco, que assessorou algumas das maiores fusões do mundo em 2021. O lucro líquido aumentou 37%, para US$ 15 bilhões, e a receita 23%, para quase UR$ 60 bilhões.

O banco também elevou sua meta de longo prazo para retorno sobre capital, que mede como um banco usa o dinheiro dos acionistas para gerar lucro. O Morgan visa um índice de pelo menos 20%, acima dos 17% anteriormente.

“Estamos aumentando nossa meta para refletir o poder de ganhos que vemos em nosso modelo de negócios”, disse o presidente executivo, James Gorman, em teleconferência.

Desde que assumiu há mais de uma década, Gorman transformou o Morgan Stanley de uma empresa mais concentrada em negócios deficitários em um banco mais equilibrado.

A unidade de gestão de patrimônio do banco teve um aumento de 10% na receita, para US$ 6,25 bilhões, gerando um lucro anual recorde. No trimestre encerrado em 31 de dezembro, o lucro subiu para US$ 3,59 bilhões, ou US$ 2,01 por ação, acima das expectativas do mercado de US$ 1,93 por ação.

O resultado do Morgan encerrou uma temporada de ganhos mistos para os maiores bancos dos Estados Unidos, que lucraram com a onda de fusões, mas foram prejudicados por negociações fracas e despesas mais altas, à medida que gastaram muito para reter funcionários em uma corrida por talentos.

O Goldman Sachs divulgou ontem (18) lucro no quarto trimestre abaixo das expectativas, o que derrubou suas ações em até 8%. O JPMorgan superou as expectativas de lucro na última sexta-feira, mas viu suas ações caírem 6% devido a preocupações com despesas.

Ao contrário de alguns rivais, o Morgan Stanley se beneficiou ao trazer tecnologia para dentro de casa por meio de suas aquisições, em vez de montá-la do zero, disse Gorman.

Também associou remuneração com desempenho em suas divisões de gestão de patrimônio e banco de investimento. A despesa de compensação ficou quase estável no trimestre sobre um ano antes.

O banco de investimento do Morgan Stanley apresentou um forte desempenho, e a diretora financeira, Sharon Yeshaya, disse que seu pipeline segue “saudável” em 2022. Em 2021, os bancos de Wall Street se beneficiaram de um boom global de negócios.

O Morgan Stanley assessorou 420 acordos no ano passado e ficou em terceiro lugar nas tabelas globais de bancos, atrás dos rivais Goldman Sachs e JPMorgan, segundo a Dealogic.

A receita geral de títulos institucionais, que abriga as unidades de banco de investimento e negociação do Morgan Stanley, caiu ligeiramente para US$ 6,7 bilhões.

A receita de negociação caiu 26%. As receitas com ações subiram 13%, mas os ganhos foram anulados por uma queda de 31% na receita de negociação de renda fixa. A receita total somou US$ 14,5 bilhões, ante US$ 13,6 bilhões um ano antes.

(Com Reuters)

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: