Investidores monitoram guerra e agenda econômica

Bolsas no mundo operam de maneira distinta nos diferentes continentes diante de agenda econômica carregada e dúvidas em relação ao conflito na Ucrânia
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
avatar Luciene1
avatar Luciene1

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quarta-feira (30), com exceção do índice Nikkei do Japão por conta de baixa no setor de telecomunicações.

Na Europa, os índices têm queda diante das dúvidas sobre as negociações entre Rússia e Ucrânia para um cessar-fogo.

Nos Estados Unidos, os índices futuros têm baixa, sinalizando uma correção após os ganhos acentuados no pregão de ontem.

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Autoridades dos países aliados da Otan, a Organização do Tratado do Atlântico Norte, não acreditam em uma pré-disposição da Rússia em recuar com as tropas que estão na Ucrânia.

Enquanto isso, a União Europeia pressiona a China sobre a posição de suposta neutralidade em relação ao conflito. As lideranças da região direcionam o discurso para que o país asiático, pelo menos, não dê suporte militar à Rússia.

Aqui no Brasil, o Fundação Getulio Vargas divulgou a ‘inflação do aluguel’ medida pelo IGP-M de março que avançou 1,74%.

A agenda econômica de hoje ainda vai trazer, daqui a pouco, a revisão do Produto Interno Bruto dos Estados Unidos no quarto trimestre do ano passado.  

Luciene Miranda é repórter especial e colunista da Elas Que Lucrem

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: