Banco Pan lucra R$ 195 milhões no primeiro trimestre

Resultado teve alta de 3% tanto na comparação anual, quanto frente aos últimos três meses de 2021
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

O Banco Pan teve lucro líquido de R$ 195 milhões no primeiro trimestre, alta de 3% tanto na comparação anual, quanto frente aos últimos três meses de 2021.

O banco atribuiu o resultado principalmente à “manutenção da margem financeira robusta e redução das despesas relacionadas à eficiência na aquisição de clientes”, segundo comunicado. Os números foram divulgados na noite de ontem (4).

O relatório de resultado da instituição, que é controlada pelo BTG Pactual, mostra que a carteira de crédito do Pan no fim de março era de R$ 36,2 bilhões, um avanço de 20% em 12 meses e de 4% na base trimestral.

A originação de crédito de varejo, porém, caiu 13% na comparação com os três meses imediatamente anteriores, para quase R$ 6 bilhões, com os maiores impactos vindos de empréstimos consignados e de financiamento de veículos leves.

LEIA MAIS

O índice de inadimplência acima de 90 dias manteve-se em crescimento e foi a 6,8% no período, ante 6,3% no último trimestre de 2021 e de 5% um ano antes.

Já a margem financeira gerencial do Pan foi de 17,5% nos três meses encerrados em março, quedas de cerca de 1 ponto percentual em relação ao primeiro e o quarto trimestres de 2021.

As despesas totais caíram 5% frente aos últimos três meses do ano passado, enquanto a base de clientes total da instituição subiu a 19,4 milhões, contra 17,1 milhões no final do ano passado.

(Com Reuters)

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: