Citi melhora estimativa para crescimento do Brasil em 2022 a 0,7%

Em cenário anterior, o banco norte-americano previa expansão de apenas 0,1%
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

O Citi revisou para cima sua estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil neste ano, a 0,7%, citando força de indicadores econômicos recentes.

Em cenário anterior, o banco norte-americano previa expansão de apenas 0,1%, mas se mostrou mais otimista após dados de produção industrial, construção civil, vendas no varejo e atividade de serviços, de acordo com relatório publicado hoje (13).

As leituras mais recentes do IBGE mostraram que a produção industrial do Brasil teve seu primeiro ganho trimestral em um ano nos primeiros três meses de 2022, enquanto o setor varejista cresceu mais do que o esperado em março –período em que o volume de serviços saltou 1,7%, resultado mais forte para o mês na série histórica iniciada em 2011.

A melhora no prognóstico do Citi para o crescimento do ano inteiro foi acompanhada por alta de 0,4% em sua projeção de expansão trimestral no período de janeiro a março deste ano, quando o PIB brasileiro deve ter avançado 0,6%.

LEIA MAIS

Embora se mostre mais esperançoso sobre a atividade econômica, o Citi tem alertado para um cenário inflacionário desafiador. Suas projeções para a alta do IPCA neste ano e no próximo foram elevadas para 7,8% e 3,9%, respectivamente, no final de abril. O credor espera que a taxa Selic chegue a 13,25% até o fim de 2022.

(Com Reuters)

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: