De cachê a turnês milionárias: 6 fatos sobre as finanças de Ivete Sangalo

Cantora, que completa hoje 50 anos, bateu recordes de shows e tem um dos maiores salários na televisão brasileira
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
Baiana já se consagrou dentro e fora do ambiente musical (Foto: Ivan Erick/O Globo)

Nesta sexta-feira (27), a cantora Ivete Sangalo completa 50 anos. Com direito a um show especial na orla de sua cidade natal, Juazeiro, na Bahia, para mais de 20 mil pessoas, a ocasião também marcará as quase três décadas de carreira de “Veveta” – como a artista é carinhosamente chamada pelos fãs. 

Apesar de ter nascido em uma família de músicos e do contato com a arte desde a infância, o primeiro emprego de Ivete foi como modelo e vendedora de marmitas em um shopping de Salvador, ofício que dividia com as apresentações nos bares da região. Só em 1993, aos 21 anos, a estrela veria seu destino mudar ao assumir o vocal da Banda Eva, grupo de axé que a projetou para a fama. 

Atualmente, a baiana já se consagrou dentro e fora do ambiente musical. Atuando como atriz e apresentadora na série “Brava Gente” e no reality musical “The Masked Singer Brasil”, respectivamente, a estrela ainda foi eleita três vezes a cantora mais admirada no Brasil, segundo o Instituto Qualibest, especialista em pesquisas de mercado. 

Depois de tanto sucesso, a cantora acumulou um patrimônio milionário – além de um dos maiores salários do país. Veja, a seguir, 6 fatos sobre Ivete Sangalo relacionados a dinheiro:

LEIA MAIS

Um dos maiores salários da TV

Desde que se tornou apresentadora do “The Masked Singer”, atração transmitida pela rede Globo, a cantora vem recebendo um salário milionário da emissora. De acordo com o  colunista André Romano, do “Observatório da TV”, Ivete recebe em torno de R$ 1,5 milhão para comandar o programa. O valor, no entanto, pode triplicar se considerado o merchandising. 

Com isso, a baiana se tornaria uma das apresentadoras mais bem pagas do Brasil, consolidando sua presença nas tardes de domingo. Além disso, com a confirmação da terceira temporada da atração, Ivete deve retornar à televisão nos próximos meses. 

Polêmicas com a Lei Rouanet

No início do ano, a cantora chegou a ser criticada pelo presidente Jair Bolsonaro por usar, supostamente, R$ 10 milhões da Lei Rouanet para financiar uma turnê pelo país. A informação, na verdade, se tratava de uma fake news, já que Ivete teria sido contratada pela produtora Madeirada Produções para realizar shows em seis capitais brasileiras. Para financiar o projeto, a empresa chegou a captar R$ 813 mil da Lei Federal de Incentivo à Cultura – nome oficial da política de incentivos fiscais para projetos e ações culturais – em 2019, em uma decisão que nada teve a ver com os artistas ou sócios. 

Ao longo da carreira, apenas dois projetos inscritos na Lei Rouanet levaram o nome de Ivete. O primeiro, em 2016, tratava-se de um evento beneficente da Orquestra Juvenil da Bahia. Outro, em 2017, chegou a ser arquivado por não se enquadrar na legislação. Em ambos os casos, nenhum valor foi captado pela artista. 

Aposta na educação financeira do filho

Há dois anos, quando o filho da cantora, Marcelo Cady, de 12 anos, publicou no Instagram que estava vendendo seu videogame para comprar uma nova prancha de surf, seus seguidores se surpreenderam com a atitude do adolescente. “Vendo PS4 e dois controles! Chama no direct. Compartilha, por favor, para comprar minha prancha nova”, postou. 

A decisão do menino de correr atrás do próprio dinheiro fez com que o público elogiasse a educação financeira dada por Ivete – principalmente em relação à valorização do bem.  Embora nunca tenha se pronunciado sobre o assunto, o exemplo da artista chegou a viralizar na época. 

Recordes de turnês e discos 

Desde o início da carreira solo, Ivete Sangalo já vendeu mais de 18 milhões de cópias de CDs, um dos maiores números do Brasil. Com 300 músicas lançadas e mais de 150 prêmios nacionais e internacionais, a cantora já se apresentou em mais de 2.000 shows, segundo seu site oficial. 

Além disso, a dona do hit “Poeira” realizou, em 2011, a maior turnê feminina do país, a “Madison Tour”. Na época, o evento chegou a arrecadar R$ 70 milhões com uma centena de 100 apresentações. 

Cachê garante renda mensal milionária 

Segundo publicação feita em 2015 pelo colunista Léo Dias, do jornal “O Dia”, a cantora de axé cobraria cerca de R$ 400 mil de cachê por cada apresentação. Mesmo na época, o valor seria superior ao de cantores como Leonardo, Bruno e Marrone, Alok e Simone e Simaria. 

Já de acordo com a página oficial da cantora, ela realiza cerca de 10 shows por mês. Levando em consideração essa média, a arrecadação mensal de Ivete com as exibições ficaria, no mínimo, em torno de R$ 4 milhões. 

Patrimônio inclui jatinho e mansão à beira-mar

No último ano, Ivete Sangalo teve seu patrimônio estimado em mais de US$ 275 milhões, segundo a página “People with Money”. A quantia, segundo a publicação, estaria dividida entre investimentos imobiliários, comércios e ações. 

A mansão da cantora de 800 metros quadrados na Praia do Forte, por exemplo, já é considerada “ponto turístico” na Bahia. Segundo o portal “NaTelinha”, uma casa no mesmo condomínio de luxo gira entre R$ 2 milhões e R$ 6 milhões. Além disso, em 2018, a  artista também chegou a adquirir um jatinho particular avaliado em R$ 16 milhões.

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: