Anvisa autoriza estudo sobre dose de reforço da Pfizer contra Covid

A previsão é recrutar 443 participantes no centro clínico do Hospital Santo Antônio
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou ontem (18) o estudo clínico para testar uma possível dose de reforço que poderia ser usada como complemento da vacina contra Covid-19 desenvolvida pelos laboratórios Pfizer e BioNTech.

Segundo o comunicado, nos testes será usado o imunizante Cominaryt, da Wyeth/Pfizer. A previsão é recrutar 443 participantes no centro clínico do Hospital Santo Antônio da Associação Obras Sociais Irmã Dulce, em Salvador (BA), e outros 442 participantes no Centro Paulista de Investigação Clínica e Serviços Médicos, em São Paulo (SP).

OLHA SÓ: Governo de SP prevê agora vacinar todos os adultos contra Covid-19 até 15 de setembro

A agência disse que o estudo quer incluir participantes com 16 ou mais anos de idade, do sexo masculino e feminino, que já tomaram as duas doses de vacina ainda na fase de testes pelo menos 6 meses antes de receber a dose de reforço.

(com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: