Após perder vaga para mulher trans, atleta recebe convite das Olimpíadas

A decisão veio após críticas recebidas pela competição por permitir a participação de uma mulher transexual no evento
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

O comitê dos Jogos Olímpicos de Tóquio ofereceu um convite a Nini Manumua, atleta de levantamento de peso. A decisão veio após críticas recebidas pela competição por permitir a participação de uma mulher transexual no evento.

Os setores conservadores criticaram o fato da atleta ter perdido a vaga olímpica para Laurel Hubbard, da Nova Zelândia, uma mulher transexual.

As duas concorriam pelo posto de melhor atleta da Oceania na categoria pesado do levantamento de peso, e Hubbard acabou ficando na frente por poucos pontos.

Manumua terminou o ranking olímpico em 14º, um posto abaixo da zona de classificação geral. Na sexta-feira (25), a comissão tripartite anunciou que Manumua será uma das agraciadas com os convites oferecidos pelos Jogos Olímpicos a países com pouca tradição no esporte.

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: