Assine nossa newsletter

Carol Filgueiras: 5 dicas para fortalecer o sistema imunológico de forma prática

Estar com o escudo interno fortalecido é mais uma forma de encarar melhor este momento de pandemia
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Carol Filgueiras: 5 dicas para fortalecer o sistema imunológico de forma prática
Por mais que a vacinação em massa esteja cada dia mais próxima, ainda é necessário redobrar nossos cuidados

A pandemia de Covid-19 veio para revolucionar nossas vidas. Mudou nossa forma de trabalhar, nos relacionar, pensar e até refletir sobre coisas que antes não despertavam nossa atenção pela distância em termos de realidade. No meio disso tudo, e vivendo em um período de crise sanitária, estar com o sistema imunológico fortalecido é uma das maiores lições que podemos tirar até agora. 

Por mais que a vacinação em massa esteja cada dia mais próxima, mesmo com todas as lombadas e tropeços, ainda é necessário redobrar nossos cuidados. Prezar e priorizar nossa saúde é uma missão incontestável. 

OLHA SÓ: Aprenda a ter uma rotina efetiva de cuidados com o corpo, a pele e os cabelos

Além dos grandes aliados do momento que são a máscara e o álcool gel, estar com o escudo interno fortalecido é mais uma forma de encarar melhor este momento de pandemia.

Por isso, veja a seguir cinco dicas fáceis e essenciais para fortalecer seu corpo e lucrar na saúde:

1.  Beber água

Dica básica aqui com um plus: procure consumir água alcalina.

O vírus da Covid-19 se multiplica em ambiente ácido. Fazer uma alcalinização por meio da água que bebemos ajuda a combater este ambiente “ideal” para o vírus se propagar, além de reduzir as toxinas ácidas comumente associadas à doenças degenerativas.

2. Dormir bem

Dormir bem é um dos maiores aliados para fortalecer nosso sistema imunológico. O sono tem poder reparador, renova nossas defesas internas e dá uma verdadeira pausa para as células do corpo, desgastadas pela luta diária contra o estresse, toxinas, etc. Uma boa noite de sono também ajuda a  prevenir rugas e o envelhecimento precoce.

3. Tomar shot de limão, gengibre, cúrcuma

Durante a pandemia passei a fazer um shot de limão, gengibre e cúrcuma todas as manhãs, para consumir em jejum. Estes alimentos são poderosos e possuem ação antioxidante e anti-inflamatória, são  ricos em vitamina C e anti-cancerígenos. A cúrcuma, em particular, ajuda na modulação e ativação das células do sistema imunológico. Essa mistura é um verdadeiro tônico da saúde.

4. Manter a vitamina D em dia

Seja tomando sol ou consumindo em forma de cápsula sob orientação médica, estar com a vitamina D em dia é essencial para a saúde. Isso porque estudos relatam que a sua deficiência pode estar relacionada ao desenvolvimento de doenças autoimunes ou a inflamações e variações da gripe. 

LEIA AQUI: Aprenda a cuidar da sua energia em cinco passos

Dar uma atenção maior a este ponto, principalmente durante o período de pandemia, é sinônimo de ajudar o próprio corpo a não cair na armadilha dos baixos níveis de vitamina D, porque sua carência causa aumento no nível de moléculas inflamatórias no organismo. Essas moléculas são as chamadas citocinas, cujo excesso está associado a danos nos pulmões e ao agravamento do quadro de Covid-19, provocando insuficiência respiratória e até mesmo óbito.

5. Própolis Verde 

Encontrado facilmente em cápsulas ou em gotas (esta versão tem o gosto um pouco mais amargo), o própolis verde é conhecido pelo alto poder antiviral, antifúngico, antibacteriano e anti-inflamatório, além de antioxidante e cicatrizante.

O extrato de própolis possui forte ação antiprotozoária e fungicida, que dificulta a ocorrência de infecções e doenças decorrentes de fungos e protozoários.

Carol Filgueiras é empresária, cineasta, hoteleira e responsável pela expansão da marca de produtos de beleza Santapele, nascida no Hotel Emiliano.

O conteúdo expresso nos artigos assinados são de responsabilidade exclusiva das autoras e podem não refletir a opinião da Elas Que Lucrem e de suas suas editoras

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem:

Assine nossa newsletter