Cientista de Oxford responsável por vacina contra Covid-19 é ovacionada em Wimbledon

A multidão também aplaudiu os esforços de organizações que contribuíram para a luta do Reino Unido contra a Covid-19
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
Sarah Gilbert é professora da Universidade de Oxford

Os espectadores de Wimbledon homenagearam nesta segunda-feira a cientista Sarah Gilbert, professora da Universidade de Oxford que coliderou o projeto da vacina Oxford-AstraZeneca contra a Covid-19, aplaudindo-a de pé na quadra central antes do início dos jogos no torneio anual de tênis em Londres.

A multidão também aplaudiu os esforços de organizações que contribuíram para a luta do Reino Unido contra a Covid-19. Os aplausos mais altos, porém, foram reservados para Gilbert e também para a equipe do Serviço Nacional de Saúde (NHS) britânico.

VEJA: Mulheres lideram mudança e mercado de trabalho aposta na diversidade e inclusão nas empresas

Gilbert, que estava sentada no camarote real, foi premiada com o título de dama real durante as comemorações do aniversário da rainha Elizabeth no início deste mês.

O torneio de Wimbledon também planeja convidar outros indivíduos que desempenharam um papel importante no combate ao coronavírus para assistir aos jogos deste ano, sentados no camarote real.

Também no camarote real estava Hannah Ingram-Moore, filha do ex-capitão do Exército britânico Tom Moore, que impressionou o Reino Unido no início da pandemia ao caminhar em torno de seu jardim com a ajuda de um andador para arrecadar milhões de libras em doações para os trabalhadores do NHS.

(Com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: