Bolsa brasileira de olho em Brasília

Mais que o comportamento dos mercados externos, investidores aqui no Brasil devem monitorar o andamento da votação da PEC dos Precatórios na Câmara dos Deputados
Foto Luciene avatar v1

Os índices nas bolsas asiáticas fecharam com tendências mistas. Na Europa, os mercados também seguem cautelosos, com índices apontando em direções diferentes. Nos Estados Unidos, os índices futuros operam muito perto da estabilidade antes da abertura do mercado à vista naquele país.

Por aqui, os investidores estarão de olho em Brasília logo cedo com a possível votação em segundo turno da PEC dos Precatórios na Câmara dos Deputados, mesmo sob uma liminar de suspensão de pagamentos diretos do governo a deputados concedida pela ministra Rosa Weber e que ainda não foi avaliada por outros ministros do Supremo Tribunal Federal.

No noticiário corporativo, a Cosan (CSAN3) anunciou que formará uma joint venture – que significa uma parceria na linguagem de negócios – com a Porto Seguro (PSSA3) para a criação da Mobitech que vai oferecer soluções de mobilidade como assinaturas de veículos, gestão de frotas para empresas entre outras modalidades de locação de veículos. A Cosan deve investir R$ 300 milhões no empreendimento por meio de sua estrutura de fundos de investimentos. A Porto Seguro vai contribuir com o negócio Carro Fácil. O capital social da Mobitech será 50% para cada companhia.

Entre os principais balanços divulgados entre ontem à noite e hoje cedo, estão:

  • Banco do Brasil (BBAS3) registrou lucro líquido ajustado de R$ 5,1 bilhões no terceiro trimestre de 2021, com alta de 47,6% na comparação com o mesmo período do ano passado e ligeira alta de 2% em relação ao trimestre anterior. O acumulado de 9 meses teve alta de 48,1% na comparação com 2020. A carteira de crédito do banco alcançou R$ 814,2 bilhões.

  • Lojas Quero-Quero (LJQQ3) divulgou lucro líquido no terceiro trimestre de R$ 15,6 milhões com uma queda de 48,3% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado. No acumulado de nove meses, a companhia registrou R$ 43,1 milhões com alta de 30,7% na comparação anual.

  • Itausa (ITSA4) anunciou lucro líquido de R$ 2,3 bilhões no terceiro trimestre, com alta de 32,4% em relação ao mesmo período de 2020.

  • São Martinho (SMTO3) teve lucro líquido de R$ 368 milhões de julho a setembro com avanço de 11% na comparação anual.

  • YDUQS (YDUQ3) divulgou lucro líquido de R$ 78,2 milhões no terceiro trimestre com queda de 35,2% em relação ao mesmo período do ano passado.

  • PETZ (PETZ3) teve lucro líquido de R$ 26,6 milhões de julho a setembro com avanço de 56,1% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

  • CBA (CBAV3) registrou prejuízo de R$ 41 milhões no terceiro trimestre após um resultado negativo de R$ 460 milhões no terceiro trimestre do ano anterior.

  • BTG Pactual (BPAC11) apontou lucro líquido ajustado de R$ 1,7 bilhão de julho a setembro de 2021 com alta de 77% na comparação anual. Portfólio de crédito no período foi de R$ 98 bilhões, com alta de 43% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

  • JSL (JSLG3) registrou lucro líquido de R$ 83,1 milhões no terceiro trimestre com alta de 377% na base anual, mas queda de 10,8% na comparação como segundo trimestre de 2021.  

  • Gol (GOLL4) teve prejuízo líquido antes de participação de minoritários de R$ 2,5 bilhões no terceiro trimestre, 49% acima do prejuízo registrado no mesmo período de 2020, que foi de R$ 1,7 bilhões.

Luciene Miranda é repórter especial na Elas Que Lucrem

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Participe da live Meu Primeiro Investimento

Compartilhar a matéria:

×