Cade aprova compra do Grupo Big por Carrefour Brasil com restrições

Em janeiro, a superintendência-geral do Conselho já tinha recomendado a aprovação da transação, condicionando o negócio à venda de algumas lojas de atacarejo
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou hoje (25) a compra de lojas do Grupo Big pelo maior varejista do país, Carrefour Brasil, com restrições que já tinham sido acordadas pelas empresas junto ao órgão de defesa da concorrência.

A decisão foi unânime, com os conselheiros Lenisa Rodrigues Prado, Luis Henrique Bertolino Braido, Gustavo Augusto Freitas de Lima e Sérgio Costa Ravagnani, acompanhando o voto do relator Luiz Augusto Hoffmann.

Em janeiro, a superintendência-geral do Cade já tinha recomendado a aprovação da transação, condicionando o negócio à venda de algumas lojas de atacarejo.

O Carrefour Brasil, unidade local da gigante francesa de varejo Carrefour, anunciou em março passado a aquisição do Grupo BIG por cerca de R$ 7,5 bilhões.

(Com Reuters)

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

Compartilhar a matéria:

×