No grito da moda: produtos excêntricos que abalaram a internet

Bolsa da Bottega Veneta, que virou meme nos últimos dias, não foi o primeiro – e nem será último – lançamento fashion a virar polêmica nas redes
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
A bolsa da Bottega Veneta é vendida por quase R$ 25 mil (Foto: Divulgação)

No último fim de semana, a influenciadora brasileira Maria Luiza Borges Santiago viralizou nas redes sociais ao mostrar no TikTok uma bolsa da Bottega Veneta comprada em Londres. A internet foi à loucura quando descobriu que o item é vendido por quase R$ 25 mil. Daí para uma avalanche de memes comparando o produto a uma toalha enrolada e versões feitas em casa pelos internautas foi um pulo.

Mas a bolsa da grife italiana não é a primeira – e nem provavelmente a última – peça a abalar o mundo da moda por sua estética aliada a valores nada populares. A história está cheia de exemplos, principalmente depois do advento da internet.

LEIA MAIS: Moda circular: conheça três empreendedoras que inovam na venda de peças usadas

Veja, a seguir, cinco produtos que chamaram a atenção por seu design diferenciado, preços estratosféricos e originalidade – tudo isso ao mesmo tempo:

Moletom Balenciaga

(Foto: Divulgação)

O moletom com capuz e visual destroyed da grife espanhola que virou meme em julho deste ano custa a bagatela de R$ 17.928. Mas, ainda que você estivesse disposta a investir esse montante na peça, não seria possível: ela está esgotada no site da Farfetch, onde era vendida.

Marcador clip da Tiffany & Co.

(Foto: Divulgação)

A icônica marca norte-americana de artigos de luxo decidiu, em 2017, testar a inclusão de itens do dia a dia em seu portfólio. A internet reagiu imediatamente quando descobriu que o marcador em formato de clip custava nada menos do que US$ 1.500. E foi além: os internautas aproveitaram a deixa para postar também sobre uma lata da grife disponível por US$ 1.000.  

Bolsa Balenciaga

(Foto: Divulgação)

Outra inovação da marca espanhola, a bolsa feita em couro lançada em 2017 por US$ 2.145 não passou ilesa pela patrulha online. Os internautas não demoraram para compará-la com a sacola de compras da Ikea, popular marca de móveis, que cobra meros US$ 0,99 por sua versão – reciclável – em polipropileno.  

Conjunto “mangueirense” Dolce & Gabbana

(Foto: Reprodução/Instagram)

O look da grife italiana escolhido pela atriz Bruna Marquezine para um evento em Milão em 2018 monopolizou a internet. O conjunto verde e rosa brocado de R$ 12 mil não passou despercebido e foi comparado com roupas de cama, mais especificamente com colchas e almofadas, e até com aquele batom que durava 24 horas de embalagem verde e dourada. Também não faltou quem fizesse uma pesquisa mais aprofundada no Google e descobrisse que o modelo era, na verdade, bem parecido com o visual do sambista Darcy da Mangueira na capa do disco “A História do Samba Verdadeiro”.

Camisa/camiseta Balenciaga

Foto: Divulgação)

A marca espanhola já pode pedir música. Em 2018, o estilista Demna Gvasalia surpreendeu mais uma vez ao lançar uma camisa costurada sobre uma camiseta por US$ 1.290. Os internautas não perdoaram: a ousadia do designer nascido na Geórgia já era conhecida, mas na ocasião ela foi além do que se podia esperar.  

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Participe da live Meu Primeiro Investimento

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: