{reprograma} é a única brasileira selecionada para programa do Google

Cerca de US$ 25 milhões serão distribuídos para a execução de projetos que promovem o empoderamento do público feminino
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
{reprograma} é a única brasileira selecionada para programa do Google
Startup social {reprograma} ensina programação para mulheres em situação de vulnerabilidade, preferencialmente negras, trans e travestis (Foto: Google.org Impact Challenge)

Fundada em 2016 pela peruana Mariel Reyes Milk, Carla de Bona e Fernanda Faria, a startup social {reprograma}, que ensina programação para mulheres em situação de vulnerabilidade, preferencialmente negras, trans e travestis, foi a única brasileira selecionada pelo Desafio de Impacto do Google.org para Mulheres e Meninas. 

Cerca de US$ 25 milhões, aproximadamente R$ 137 milhões, serão distribuídos para a execução de projetos que promovem o empoderamento do público feminino no mundo. Além do financiamento, as 34 organizações selecionadas participarão de um programa de aceleração de quatro meses com apoio do gigante de tecnologia.

Conheça a plataforma de educação financeira e emocional EQL Educar. Assine já!

“Com o valor recebido, nosso foco é alcançar mais meninas e mulheres em todo o Brasil, oferecendo oportunidades principalmente para aquelas que estão em vulnerabilidade social, em locais ‘esquecidos’ do país, como o Norte e Nordeste”, explica Mariel, que ocupa a posição de CEO.

Com o objetivo de fazer com que o público feminino tenha contato com a área da programação e o mercado de trabalho, um dos projetos da startup é o Todas em Tech, que abrirá vagas para as terceiras turmas em janeiro de 2022.

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

 

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: