Principais notícias do mercado para segunda-feira

Cenário pessimista nos Estados Unidos e no Brasil, divulgações de grandes dados econômicos e tudo que vai mexer com o mercado hoje
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

As bolsas norte-americanas fecharam na última sexta (18) em queda, na que foi a pior semana desde outubro. O S&P500 registrou queda de 1,31%, a 4.116 pontos e essa baixa foi causada pelas expectativas dos investidores por conta da decisão do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, e uma redução da expectativa do crescimento econômico norte-americano.

Outro ponto de impacto na bolsa norte-americana foram os preços das commodities, após a China estipular medidas para controlar os preços das commodities depois das altas nos preços apresentadas nos últimos dias.

OLHA SÓ: 8 principais tipos de investimentos no Brasil

No Brasil, o Ibovespa fechou com uma queda de 0,27%, a 128.405 pontos. Apesar da grande alta da Eletrobrás após a aprovação do texto sobre a privatização da empresa no Senado, o cenário dos Estados Unidos afetou o desempenho da bolsa brasileira.

Com esse cenário, o dólar fechou na sexta com alta de 0,92%, aos R$ 5,07.

Essa semana vai ser marcada pela divulgação de diversos dados que devem mexer com o mercado. Amanhã está programada a divulgação da ata do Copom, pela qual o mercado terá uma noção de como o Banco Central pretende lidar com o futuro da inflação e da taxa de juros. 

Na quarta, haverá a prévia do PMI (Índice dos Gerentes de Compras, na sigla em inglês) dos Estados Unidos e da Europa. Para esta data também está prevista a discussão sobre um novo pacote de estímulos monetários no setor de infraestrutura nos Estados Unidos.

Na quinta, teremos a divulgação trimestral do PIB norte-americano, do relatório trimestral de inflação no Brasil, declarações do presidente do Banco Central e do diretor de Políticas Econômicas.

Por fim, na sexta, teremos a prévia do indicador oficial da inflação no Brasil e o deflator do PCE, inflação oficial americana.

O destaque das empresas hoje vai para a estreia da empresa BR Partners na bolsa, que vai ocorrer hoje, e para a votação da Medida Provisória referente a privatização da Eletrobrás, que precisa ser aprovada até amanhã para não ser anulada.

Carol Proença é estudante de Economia e especialista de investimentos certificada

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: