Assine nossa newsletter

Anitta ensina 5 lições que aprendeu ao gerenciar a própria carreira

A cantora e empresária tem uma fortuna estimada em R$ 533 milhões, segundo a Forbes México
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Anitta ensina 5 lições que aprendeu ao gerenciar a própria carreira
Anitta ensina 5 lições que aprendeu ao gerenciar a própria carreira

Aos 28 anos, Larissa de Macedo Machado, conhecida como Anitta, é considerada uma das maiores artistas brasileiras reconhecidas internacionalmente. Em poucos anos, a cantora conseguiu sair da Zona Norte do Rio de Janeiro e ganhou o mundo.

A artista e empresária tem uma fortuna estimada em R$ 533 milhões, segundo a Forbes México. Atualmente, ela é a mais reproduzida nas plataformas de streaming no Brasil.

OLHA SÓ: Mulheres lideram mudança e mercado de trabalho aposta na diversidade e inclusão nas empresas

O sucesso de Anitta é tão grande que, em junho deste ano, o Nubank anunciou que ela passará a integrar o conselho de administração da empresa para ajudar em decisões estratégicas do banco digital. O objetivo é que Anitta coopera com o desenvolvimento de produtos focados em “empoderar as pessoas”.

Em 2019, depois de anos administrando a própria carreira, ela anunciou que saiu da gerência e passou o bastão para o empresário americano Brandon Silverstein, fundador da empresa S10 Entertainment, que também agencia o cantor Jacob Banks e a ex-Fifth Harmony Normani. “Hoje, não estou mais na linha de frente da minha carreira, mas todas essas lições continuam embasando cada detalhe do meu trabalho”, publicou a cantora.

Em seu perfil no LinkedIn, a cantora publicou cinco lições que aprendeu ao gerenciar a própria a carreira. Veja a seguir:

1. Estudar o público

“Não confiar apenas nos números e estudar o público a fundo é fundamental! Entender o comportamento, o que as pessoas gostam, o que precisam e o que elas ainda não sabem são questões-chave. Antes de começar minha carreira lá fora, visitei muitas boates para entender meu público, identificar quais músicas ele ouvia e descobrir como me encaixar no mercado.”

2. Criar oportunidades

“Ao enxergar novos mercados e novos públicos que eu poderia alcançar, consegui traçar a minha carreira internacionalmente e dar passos grandes lá fora. Foi assim também que consegui criar novos produtos a partir da minha imagem (como o Clube da Anittinha, minhas séries documentais, as palestras, etc).”

3. Ouvir a intuição

“Ouvir o nosso time é muito importante, mas essa não deve ser a nossa única ferramenta. É preciso combinar outros pontos de vista com as nossas vivências para chegar numa decisão mais certeira, sem perder a identidade.”

4. Fazer parcerias

“Assim como em muitos outros mercados, foi fazendo parcerias com outros artistas que eu consegui atingir outros países e outros estilos, além de aumentar a minha visibilidade.”

5. Valorizar os erros

“Provavelmente a lição mais importante, né? Aprendi na prática que os acontecimentos negativos, podem se tornar cases de sucesso e ainda mais valorizados! Há muitos males que vêm para o bem se você souber trabalhar para transformá-los.”

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem:

Assine nossa newsletter