Lucro do BTG Pactual sobe 52% com receitas maiores

A captação líquida dos fundos atingiu o recorde de R$ 76 bilhões no primeiro trimestre
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02
JOB_03_REDES_SOCIAIS_EQL_AVATARES_QUADRADOS_PERFIL_v1-02

O BTG Pactual divulgou hoje (11) um lucro líquido ajustado de R$ 1,197 bilhões no primeiro trimestre, um aumento de 51,7% em relação ao ano anterior, com expansão da maior parte de suas unidades de negócios e entrada de recursos recorde para seus fundos.

As receitas totais do banco cresceram 84% com relação ao ano anterior, para R$ 2,796 bilhões, ajudadas por um trimestre movimentado para transações de banco de investimento, por uma maior captação dos fundos de investimento e intensa atividade de negociação de ativos.

OLHA SÓ: Klabin tem lucro de R$ 421 milhões no primeiro trimestre com recuperação de demanda, alta de preços

A captação líquida dos fundos atingiu o recorde de R$ 76 bilhões no primeiro trimestre, disse o BTG.

Entre outros itens, pagamento de bônus cerca de cinco vezes maiores do que um ano atrás elevaram as despesas em 41% ante o mesmo período do ano anterior, para R$ 1,199 bilhão.

O retorno sobre o patrimônio líquido do BTG apurou uma queda de 2,3 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior, para 16,8%.

O BTG disse que concluiu a venda de sua participação de 22,25% no banco privado suíço EFG International AG para seu acionista controlador BTG Pactual Holding por R$ 3,8 bilhões, um plano de segregação de ativos anunciado há dois anos.

As ações do BTG subiram cerca de 20% este ano, superando os maiores credores do Brasil, já que os analistas estão otimistas com a entrada do banco no varejo.

(com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: